Estudar ouvindo música pode ser eficaz

Técnicas menos silenciosas podem ajudar na aprendizagem

Outras formas de aprender também garantem eficácia

O estudo, que costumava ser sinônimo de silêncio e concentração total nos livros, está passando por mudanças. Pesquisadores da Universidade da Califórnia afirmam que ouvir música, brincar, jogar vídeo game, entre outras atividades, podem auxiliar na aprendizagem.

Porém, isso não significa que qualquer um pode ligar o rádio e começar a ler um livro. A musicoterapêuta Claudia Prodossimo explica: “Ouvir música nem sempre ajuda. Isto varia muito de pessoa para pessoa. Algumas pessoas preferem estudar em silêncio e se distraem com facilidade caso haja qualquer outro estímulo auditivo no ambiente. Portanto, cada um deve experimentar a forma que melhor se adapte.”

Outras formas de aprender

A psicopedagoga Solange Antunes de Lima explica o motivo de nem todas as pessoas conseguirem se concentrar realizando outra atividade ao mesmo tempo. “Cada um tem uma forma diferente de aprender. Uma pessoa que aprende melhor ouvindo, pode estudar em voz alta, já quem aprende de uma forma mais visual até pode conciliar a música ou outras atividades. O ritmo da música, nesse caso, também pode ajudar.” Gêneros mais calmos e lentos, músicas instrumentais e com o volume não muito alto, são exemplos de sons que podem auxiliar.

Para quem vai prestar vestibular, concurso ou mesmo uma prova da escola ou faculdade em que a pressão por obter uma boa nota for muito grande, ir se acostumando com outros sons, como música, na hora de estudar, pode funcionar caso na hora surja algum barulho, como carros, fábricas e alto-falantes. Dessa forma sua concentração pode ser menos afetada.

Use a criatividade

Para os estudantes mais criativos, Claudia afirma que paródias com o conteúdo associado à letra da música permite que a pessoa acrescente vias diferentes de estímulos e isto facilita a aprendizagem. Há quem aprenda melhor vendo, escrevendo ou ouvindo. As paródias permitem envolver a criatividade, sem contar que ao criá-la, já se está estudando e trabalhando com o conteúdo, melhorando a memorização do mesmo. “Normalmente quando se cria uma paródia, a música escolhida já faz parte da vivência musical do indivíduo, portanto, torna-se mais significativa. Desta forma, diferentes sensações são instigadas ao mesmo tempo”, explica Claudia.

 

E na prática, funciona?

A estudante Nicole Techer de 14 anos costuma estudar ouvindo música e também faz resumos do conteúdo. A mãe dela, Josiane Silva, confirma a eficácia: “No começo eu estranhei bastante, às vezes eu ainda peço se não é melhor ficar em silêncio, mas ela prefere ouvir música e notei que as notas dela só estão melhorando.” Josiane acrescenta que é bem diferente da filha nesse sentido, pois, para ela, sem o silêncio fica muito mais difícil se concentrar.

Ouvir música é bom, mas o silêncio ainda funciona. Vale lembrar que alguns minutos bem concentrados contam mais que horas sem prestar atenção direito no conteúdo. O silêncio deixou de ser o único requisito para aprender, mas nenhuma das técnicas garante nota 10, o maior esforço continua sendo de quem está estudando.

   Enviar artigo em PDF   

8 Comments:

  1. Cresci num ambiente barulhento e desenvolvi a capacidade de me concentrar em meio ao caos. Detesto biblioteca. Na hora de estudar, fones de ouvido são a melhor opção. bj

  2. Esdudar música realmente é a melhor coisa do mundo.Mas terá que se empenhar bastante para ter uma evolução satisfatória

  3. Luiz Fernando Oliveira

    Acabei de fazer a experiência antes de encontrar essa reportagem, inclusive procurei sobre o assunto pois tive uma boa experiência. Estou estudando para vestibular e já estou com cansaço acumulado, ansiedade lá no alto, então fui estudar um conteúdo difícil aqui sendo que hoje eu já estava sem coragem para tal, coloquei o álbum En Concert do Jack Johnson e foi excelente, mal vi o tempo passar, o ritmo me acalmou e me embalou! Funcionou então, abraço!

  4. A minha vida toda vivi em meio a barulhos , pessoas falando muito alto, e nao entendo por que nao gosto rde barulhos, e so consigo aprender ouvindo musicas tranquilas, como lana del rey, ou dido, me sinto tranquila e consigo absolver tudo minuciosamente, nao sei se tem a ver o fato de eu gostar de cantar desde pequena, mas nao consigo gostar de barulho, ou é silencio ou é musica de qualidade. abraços.

  5. Pingback: Estudar com música ou em silêncio: O QUE É MELHOR? | Gênios.com

  6. sempre gostei de estudar ouvindo músicas eruditas como Arrau plays Chopin, Debussy ” Clair de Lune entre outras….ou silêncio profundo como a Karine anteriormente comentou.

  7. eu não consigo me concentrar com barulho nem em musicas mais só estudo ouvindo musica. a musica no radio eu não consigo me concentrar se eu for estudar mais se eu for no mp3 ou mp4 ou até no fone eu consigo também aprender só com o silêncio eu não entendo

  8. Gente eu achava que não era normal pois só consigo ler e estudar se estiver ouvindo músicas!!! Rsrsrs…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.