Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart. Macauba

1-Acrocomia-aculeata-Jacquim-Loddiges-ex-Martius

Foto 1- Detalhe das folhas e frutos2-Acrocomia-aculeata-Jacquim-Loddiges-ex-Martius

Foto 2- Detalhe dos frutos.3-Acrocomia-aculeata-Jacquim-Loddiges-ex-Martius

Foto 3- Detalhe do tronco

Família: Arecaceae (Palmae).

Nome científico: Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart.

Nomes populares: macaúba

Nomes populares em outros países: Argentina, mbocayá, coco e cocotero; Bolívia, totaí; Haiti, ko ko ginen; Paraguai, mbokaya.

DESCRIÇÃO DA ESPÉCIE

Palmeira, pioneira monoica, muito tolerante a incêndios florestais. Sua altura atinge até 20 m e seu diâmetro até 30 cm.

Folhas: pinadas, alternas, apinadas estendidas ao ápice do tronco. com até 3 metros de comprimento. com inúmeros folíolos  que medem até 60 cm de comprimento e até 2 metros de largura.

Inflorescência: panícula medindo de 50-100 cm de comprimento.

Flores:   bissexuais, branco- amareladas hermafroditas.

Fruto: drupa globosa.

Floração: Janeiro/Fevereiro.

Frutificação: Março/Abril.

Ocorrência: Bahia a cidade ao Oeste do Paraná.

Apícola: Excelente pasto apícola, com produção de néctar e de pólen. A produção de pólen é, de fato, exorbitante (KUHLMANN; KUHN, 1947).

Paisagístico: Palmeira ornamental, pode  ser empregada no paisagismo em geral (LORENZI, 2002).

Utilização: No Paraguai, os troncos partidos são usados para fazer ripas, parede e caibro (LOPEZ et al.,1987), e na Bolívia, são aproveitados para construções rústicas e postes (KILLEEN et al., 1993).

Bibliografia consultada

CARVALHO, P.E.R. Espécies arbóreas brasileiras. Coleção Espécies Arbóreas Brasileiras. Vol. 3. Brasília, DF; Colombo, PR; Embrapa Florestas 2008.593 p.

 

2 pensou em “Acrocomia aculeata (Jacq.) Lodd. ex Mart. Macauba

  1. Gosto muito da árvore e de seus frutos. Essa árvore frutifica todos os anos? Tenho a impressão de que demora muitos mais de um ano para amadurecerem.

    • João Cesar da Vinha realmente a maturação de seus frutos é demorada é uma árvore muito linda, muitos animais e pássaros se alimentam de seus frutos, obrigado pela visita. Gerson Luiz Lopes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *