Vochysia divergens Pohl, cambará, camará.

Foto 1– Detalhe das folhas.

Foto 2– Detalhe dos frutos capsulas trigonas.

Foto 3– Detalhe dos frutos maduros.

Foto 4– Detalhe do tronco ereto e cilíndrico.

Foto 5– Vista geral da espécie.

Família: Vochysiaceae

Nome científico: Vochysia divergens Pohl

Nomes populares: cambará, camará.

DESCRIÇÃO DA ESPÉCIE

Planta perenifólia heliófita espécie pioneira, exclusiva das matas ciliares do Pantanal Matogrossense, onde forma populações puras chamadas “ cambarazais”, considerada como planta infestante nas pastagens. Sua altura atinge até 19 metros e seu diâmetro até 50 cm.

Folhas: simples verticiladas, coriáceas com nervura central em ambas as faces.

Flores:  rácemos terminais com muitas flores pediceladas de cor amarela.

 Fruto: cápsula trigona, glabra e brilhante.

Floração: julho- setembro

Frutificação: novembro janeiro.

Polinização: beija-flores, abelhas e macacos.

Dispersão: anemocórica, hidrocórica.

Ocorrência:  Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul muito frequente no Pantanal Matogrossense e Bolívia. Foto Corumbá-MS.

.Paisagístico: usada no paisagismo devido a beleza de suas flores.

.Utilização: confecção de canoas, caixas e gamelas.

.Bibliografia consultada

 LORENZI, H. Árvores brasileirasmanual de identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. 2. Ed.  Nova Odessa, SP: editora Plantarum, 1998. 352 p.