Butia eriospatha (Mart. ex Drude) Becc. butia-veludo, butia-da-serra

Foto 1 – Detalhe da copa da espécie.Foto 2 – Vista de um bosque de butiá.butia

Foto 3- Detalhe dos polinizadores2-

Foto 4- Detalhe do fruto, muito procurado pela fauna silvestre.2-papa-laranja1-1024x763

Foto 5– Papa-laranja ((Pipraeidea bonariensis Gmelin,1789).

Família: Arecaceae (Palmae)

Nome científico: Butia eriospatha (Mart. ex Drude) Becc.

Nomes populares: butiá, butiá-veludo,butia-da-serra.

DESCRIÇÃO DA ESPÉCIE

Palmeira perenifólia, heliófita, espécie pioneira. Sua altura atinge até 11 m e seu diâmetro 40 cm.

Folhas: com pecíolo armado com espinhos com até 55 pares de pinas.

Flores: hermafroditas, amarelas.

Frutos:  globosos,comestíveis, consumido natural ou colocado na pinga, amêndoa comestível e fornece óleo alimentar. Consumidos por vários pássaros e animais nativos.

Floração: Outubro/Janeiro.

Frutificação: Janeiro/Março.

Sistema sexual: planta hermafrodita.

Dispersão: zoocórica (animais). Muito procurada pelos pássaros, papa-laranja (Pipraeidea bonariensis Gmelin,1789), sanhaço-azul (sanhaço-azul (Tangara sayaca Linnaeus,1766).

Polinização: Na região de Irati-PR, 2016 foram observados, abelha (Apis mellifera), coleópteros, meliponíneos e diversos insetos.

Folhas: utilizadas na fabricação de chapéus, cestas e cordas. A polpa de seu fruto é utilizada para sucos e licores.

Utilização: utilizada na construção de pontes e bueiros.

Ocorrência: Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul (Sobral et al., 2006). Áreas de planalto da floresta da Floresta Ombrófila Mista (Mata de Araucária), onde apresenta vasta, porém descontínua dispersão, geralmente em altitudes entre 800 e 900 metros.

Medicinal: O chá da flor do butiá-da-serra e usado na medicina popular no combate ao amarelão, como calmante, para equilibrar o sono. a polpa da fruta consumida in natura ajuda eliminar o ácido úrico (FRANCO; FONTANA,1997).

Recomenda-se precaução para o uso da planta para fins medicinais, devido as suas propriedades tóxicas (Correia,1926)

AS PLANTAS AQUI REFERIDAS SÓ DEVEM SER UTILIZADAS COM ORIENTAÇÃO DE PROFISSIONAIS DA ÁREA DE SAÚDE!

Bibliografia consultada

Carvalho, P.E.R. Espécies arbóreas brasileiras / Paulo Ernani Ramalho Carvalho. -Brasília, DF: Embrapa informações Tecnológica; Colombo, PR: Embrapa Florestas, 2014. 634 p. Il color; (Coleção espécies Arbóreas, v.5).

4 pensou em “Butia eriospatha (Mart. ex Drude) Becc. butia-veludo, butia-da-serra

  1. Bom dia, Gerson! Excelente postagem. Por favor, faco um pequeno trabalho sobre a importancia historica do Butia-da-Serra, nos estados sulinos, principalemente justificando denominacoes como de Campos de Palmas (que embora haja controversias, creio apens que o fator botanico suplantou a homenagem politica), Butiatuba, etc. Poderia entao utilizar-me de suas fotografias, obviamente com os devidos creditos, ponto de interrogacao.
    Muito obrigado.
    geraldo_barfknecht@yahoo.com.br

    • Geraldo Jorge Bafkneth com certeza pode utilizar minhas fotos com os devidos créditos sem problema tirei essas fotos na Região de Curitibanos Marombas-SC. Abraço. Gerson Luiz Lopes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.